Profanações

A Revista Profanações (ISSN 2358-6125), apresenta-se como um veículo de divulgação científica dos grupos de pesquisa das áreas de Ciências Humanas da Universidade do Contestado.

Imagem para capa da revista

CHAMADA PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS
 
REVISTA PROFANAÇÕES
 
PRIMEIRO SEMESTRE DE 2018


A Revista Profanações abre chamada para submissão de artigos científicos para o IX número à ser publicado no Primeiro semestre de 2018.

O prazo final para submissão é até 30 DE MARÇO DE 2018.

O IX número da Revista Profanações terá como tema: "O DIÁLOGO ENTRE O PENSAMENTO DE GIORGIO AGAMBEN E HANNAH ARENT EM TEMPOS SOMBRIOS”.

Com esta edição temática pretende-se ampliar o espaço de reflexão, escrita e publicação de artigos em torno das variáveis analíticas dos referidos pensadores.

Porém, a centralidade temática da próxima edição não exclui estudiosos e pesquisadores que desejem apresentar artigos especificamente sobre o pensamento de Giorgio Agamben.

Os artigos devem ser submetidos à avaliação na plataforma da Revista, no link: <http://www.periodicos.unc.br/index.php/prof>

Dúvidas entrar em contato através dos e-mails disponíveis no site no link "Sobre". Att. Os Editores. 

 

A Revista Profanações integra a Base WebQualis da CAPES. Possui as seguintes classificações atualmente:

ÁREA DE AVALIAÇÃO

CLASSIFICAÇÃO

FILOSOFIA

B4

HISTÓRIA

B4

DIREITO

B4

INTERDISCIPLINAR

B4

PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL/DEMOGRAFIA

B5

ARQUITETURA, URBANISMO E DESIGN

B5

 

A REVISTA PROFANAÇÕES Está disponível para consulta e pesquisa no Portal de Periódicos da CAPES em: 

Revista indexada em:


v. 4, n. 2 (2017)

Sumário

Editorial

Editorial
Sandro Luiz Bazzanella, Jeanine Nicolazzi Philippi, Marcos Alexandre Gomes Nalli
1-12

Artigos

Viviane Moraes
13-36
Tânia Sarmento-Pantoja
37-53
Fabián Ludueña Romandini
54-80
Luciano Nosetto
81-107
Mauro Rocha Baptista
108-126
Juliene da Silva Marques
127-144
Clayton Rodrigo da Fonsêca Marinho
145-165
Pedro Lucas Dulci
166-189
Marcos Sardá Vieira
190-206
Maria Anita Lustosa, Márcia Gardênia Pires
207-218
Danillo Avellar Bragança
219-234

Resenhas

A auto-heterografia de Giorgio Agamben: estudo, estúdio e retratos.
Luan Sevignani
235-240