Certificação florestal: acesso a mercado ou mercado de acesso? / Forest certification: a good deal for whom?

Autores

  • Waleska Reali de Oliveira Braga Universidade Estadual Paulista (UNESP) http://orcid.org/0000-0002-7148-1935
  • Andrea Rossi Scalco Universidade Estadual Paulista (UNESP)
  • Gessuir Pigatto Universidade Estadual Paulista (UNESP)

DOI:

https://doi.org/10.24302/drd.v8i1.1559

Palavras-chave:

Manejo Florestal. Preservação Ambiental. Madeira. Forest Management. Environmental Preservation. Wood.

Resumo

A crescente preocupação com as questões ambientais, principalmente com o avanço do desmatamento ilegal de florestas nativas, fortaleceu uma demanda por madeira certificada no mercado brasileiro e mundial. Essa tem sido a justificativa para no crescente mercado de certificações na área florestal, bem como a descentralização de gestão por parte governo por meio das concessões de florestas nacionais. Baseado neste contexto, o presente estudo tem como objetivo analisar a influência da certificação florestal para acesso ao uso dos recursos madeireiros por meio manejo das florestas naturais. Para tanto, foi realizada uma pesquisa exploratória de caráter qualitativo e quantitativo visando compreender o público atendido pela certificação florestal dentre os diversos demandadores de madeira, que tipo de floresta está sendo certificada (Nativa ou Plantada), bem como a mudança estrutural do Estado na gestão de florestas públicas a partir do modelo de bom manejo florestal defendido pela certificação voluntária. Como resultado foi possível observar que houve aumento da participação das florestas plantadas na produção florestal madeireira e que a certificação florestal e o manejo florestal sob a forma de concessão de florestas nacionais pelo Estado, não são suficientes para reduzir a níveis significativos o desmatamento no país.

Abstract

The growing concern with environmental issues, especially with the advance of illegal deforestation of native forests, strengthened demand for certified wood in the Brazilian and world market. This has been the reason for the growing market of certification in forestry, as well as the government party for management decentralization through the national forest concessions. Based on this context, this study aims to analyze the influence of forest certification to access the use and management of natural forests. Therefore, an exploratory research of qualitative and quantitative order to understand that public forest certification meet among the various wood consumers was held, what kind of forest is being certified (Native or planted) and the structural state of change in management of public forests from good forest management model advocated by voluntary certification. As a result it was observed that there was increase in the share of planted forests in the timber forest production and forest certification and forest management in the form of granting State by national forests, they are not enough to reduce the significant levels of deforestation in the country.

Biografia do Autor

Waleska Reali de Oliveira Braga, Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Graduada em Geografia pela UNESP, Pós-Graduada em Engenharia Ambiental pela UNICAMP e Mestranda em Agronegocio e Desenvolvimento pela UNESP

Andrea Rossi Scalco, Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Doutora em Engenharia de Produção pela UFSCAR. Professora do Programa de Pós-Graduação em Agronegócio e Desenvolvimento da UNESP/FCE

Gessuir Pigatto, Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Doutor em Engenharia de Produção pela UFSCAR Professor do Programa de Pós-Graduação em Agronegócio e Desenvolvimento da UNESP/FCE

Publicado

2018-03-28

Como Citar

Braga, W. R. de O., Scalco, A. R., & Pigatto, G. (2018). Certificação florestal: acesso a mercado ou mercado de acesso? / Forest certification: a good deal for whom?. DRd - Desenvolvimento Regional Em Debate, 8(1), 182-197. https://doi.org/10.24302/drd.v8i1.1559

Edição

Seção

Artigos