Ferrovia norte-sul

impactos no desenvolvimento de Açailândia e Porto Nacional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24302/drd.v10i0.2793

Resumo

Este artigo analisa a importância da Ferrovia Norte-Sul (FNS) para o desenvolvimento econômico dos municípios de Açailândia (MA) e Porto Nacional (TO). Assim, aborda a relevância do modal ferroviário para o país, a privatização de trechos ferroviários em funcionamento, a projeção do transporte de cargas para os próximos anos e seus impactos territoriais. Ademais, é demonstrado como os investimentos das concessionárias cumprem papel significativo nesse processo, uma vez que a construção da FNS esteve, por diversos períodos, estagnada por falta de gestão pública dos recursos. Demonstra, ainda, como a gestão pública/privada se coloca como uma alternativa para a consolidação das ferrovias brasileiras, contribuindo para interligar e intensificar a relação econômica entre municípios e regiões brasileiras com o mercado mundial. Por meio de pesquisas bibliográficas e documentais constata que houve melhorias na economia dos municípios de Açailândia (MA) e Porto Nacional (TO), locais em que se encontram os principais pátios ferroviários da FNS em funcionamento.

Palavras-chave: Impactos Econômicos. Ferrovia Norte-Sul. Açailândia. Porto Nacional. Desenvolvimento Regional.

Biografia do Autor

Jeferson Castro Vieira, Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (1982), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de Goiás (1996) e doutorado em Estudos Comparados Sobre as Américas pela Universidade de Brasília (2001). Atualmente é professor titular da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, articulista do jornal O Popular, comentarista econômico de rádios locais e ex-conselheiro do Conselho Superior da FAPEG, Sebrae, FCO, Conselho Estadual de Educação. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Regional, atuando principalmente nos seguintes temas: conjuntura econômica, economia brasileira, desenvolvimento regional, desenvolvimento e economia regional e urbana, arranjos produtivos locais, sistemas de inovação e mercado financeiro. (Texto informado pelo autor)

Lourdes Antônia Oliveira, Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Discente do Mestrado em Desenvolvimento e Planejamento Territorial da Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Goiânia. Goiás. Brasil.

Publicado

2020-06-19

Como Citar

Vieira, J. C., & Oliveira, L. A. (2020). Ferrovia norte-sul: impactos no desenvolvimento de Açailândia e Porto Nacional. DRd - Desenvolvimento Regional Em Debate, 10, 609-633. https://doi.org/10.24302/drd.v10i0.2793

Edição

Seção

Artigos