Análise multidimensional da desigualdade socioeconômica no Rio Grande do Norte – 2000/2010

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24302/drd.v10i0.2617

Resumo

As disparidades regionais em economias em desenvolvimento podem ser constatadas em várias formas de análise na ciência econômica. Assim, este artigo tem como objetivo estudar as disparidades socioeconômicas nos municípios do Estado do Rio Grande do Norte. Os dados são dos Censos Demográficos do Brasil e contemplam os anos de 2000 e 2010. Foram utilizados métodos de análise de clusters a partir de três dimensões: infraestrutura domiciliar e urbanização; pobreza multidimensional; desempenho do mercado de trabalho. Os resultados mostram que os municípios economicamente mais desenvolvidos apresentam os melhores indicadores socioeconômicos e compõem os mesmos clusters nas três dimensões.

Palavras-chave: Rio Grande do Norte. Desenvolvimento Socioeconômico. Desenvolvimento Regional. Disparidades Municipais.

Biografia do Autor

Luís Abel da Silva Filho, Universidade Regional do Cariri

Doutor em Ciências Econômicas. Professor no Departamento de Economia da Universidade Regional do Cariri (URCA). Crato. Ceará. Brasil.

Maria do Livramento Miranda Clementino, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutora em Ciências Econômicas. Professora Titular na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, na área do Planejamento Urbano e Regional. Rio Grande do Norte. Brasil.

Publicado

2020-05-08

Como Citar

Silva Filho, L. A. da, & Clementino, M. do L. M. (2020). Análise multidimensional da desigualdade socioeconômica no Rio Grande do Norte – 2000/2010. DRd - Desenvolvimento Regional Em Debate, 10, 418-438. https://doi.org/10.24302/drd.v10i0.2617

Edição

Seção

Artigos