O caso da Cooperativa de Trabalho de Costureiras Unidas Venceremos

relatos de uma experiência de economia solidária

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24302/drd.v10i0.2543

Resumo

Este artigo apresenta relatos de uma experiência de Economia Solidária, o caso da Cooperativa de Costureiras Unidas Venceremos - Univens. Com a ascensão do neoliberalismo e o crescimento do desemprego, em 1996, um grupo de mulheres desempregadas de uma comunidade da cidade de Porto Alegre/RS, viram na formação da cooperativa uma oportunidade de trabalho, geração de renda e inclusão social. É comum em estudos de empreendimentos de corte coletivista, como o caso da Univens, especificamente ligado à Economia Solidária, um confronto entre o modelo organizacional desejado talhado numa perspectiva idealista e a realidade vivida nesses empreendimentos. Por isso, o objetivo deste estudo foi identificar as principais aderências e distanciamentos da experiência da Univens em relação aos princípios que fundamentam a Economia Solidária. Utilizando-se de procedimentos metodológicos qualitativos, procuramos compreender o processo de organização e desenvolvimento da cooperativa diante de um contexto socioeconômico adverso. Para a realização da coleta de dados foram utilizados três instrumentos: a pesquisa documental, a entrevista semiestruturada e a observação direta. As análises foram realizadas a partir da triangulação dos instrumentos de coleta de dados e os dados ordenados em três categorias: desenvolvimento histórico, processos de gestão, desafios e problemas. Como resultados, identificamos que a Univens utiliza princípios do modelo de autogestão; que o processo produtivo é dividido em três etapas (corte, costura e serigrafia), demonstrando uma clara divisão do trabalho; e que as fragilidades da cooperativa são decorrentes da sazonalidade dos pedidos e da falta de capacitação das cooperadas e das potenciais cooperantes. Conclui-se que apesar da Univens não ter superado a lógica capitalista, é preciso considerar o potencial transformador de suas práticas como forma de resistência as organizações capitalistas.

Palavras-chave: Economia solidária. Cooperativismo. Empreendimentos solidários. Univens.

Biografia do Autor

Lucas Henrique de Souza, Universidade Estadual de Londrina

Mestre em Administração pela Universidade Estadual de Londrina. Londrina. Paraná, Brasil.

Luís Miguel Luzio dos Santos, Universidade Estadual de Londrina

Doutor em Ciências Sociais (PUC-SP), graduado em Economia e Administração (UEL), Professor do Departamento de Administração da UEL. Londrina. Paraná, Brasil.

Jean Carlos Mendes da Rocha, Universidade Estadual de Londrina; Instituto Federal do Paraná

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Estadual de Londrina. Administrador no Instituto Federal do Paraná, Campus Londrina. Londrina. Paraná, Brasil.

Publicado

2020-02-26

Como Citar

Souza, L. H. de, Santos, L. M. L. dos, & Rocha, J. C. M. da. (2020). O caso da Cooperativa de Trabalho de Costureiras Unidas Venceremos: relatos de uma experiência de economia solidária. DRd - Desenvolvimento Regional Em Debate, 10, 76-97. https://doi.org/10.24302/drd.v10i0.2543

Edição

Seção

Artigos