Goiás na ótica da competitividade regional

uma análise de indicadores de 2015 a 2018

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24302/drd.v9ied.%20esp..2123

Resumo

Este trabalho analisa o posicionamento do Estado de Goiás (Brasil), no período de 2015 a 2018, segundo o estudo “Ranking da Competitividade dos Estados” efetuado pelo Centro de Liderança Pública – CLP. Partindo da premissa de que as unidades subnacionais precisam concentrar esforços no âmbito do desenvolvimento regional e estabelecer estratégias que visem romper as estruturas de reprodução da pobreza e da desigualdade e de que são  objetivos importantes a se perseguir: (i) emprego; (ii) pesquisa e inovação; (iii) mudanças climáticas e energia; (iv) educação; e (v) erradicação da pobreza, este artigo selecionou cinco dos dez pilares do estudo – capital humano, inovação, potencial de mercado, sustentabilidade social e sustentabilidade ambiental, tendo como parâmetro de desempenho, o ranking do estado no compto das 27 federadas do país:  alto desempenho (1º-10º), médio  desempenho (11º-19º), baixo desempenho (20º-27º) visando avaliar, com a sistematização de dados, sua competitividade em nível nacional. Os resultados indicaram, no ano de 2018, ascensão de três posições no ranking Brasil (13º-10º) e os seguintes resultados nos pilares priorizados: alto desempenho -sustentabilidade ambiental (5º), sustentabilidade social (10º) e médio desempenho - potencial de mercado (13º)), capital humano (18º) e inovação (19º).Muito embora Goiás tenha ascendido no ranking global, no que concerne pilares chaves de competitividade regional como potencial de mercado, capital humano e inovação, o estado apresentou desempenho mediano, o que sugere o estabelecimento de estratégias mais contundentes no quarteto ciência-tecnologia-inovação-educação para maximizar a atração de investimento, aumentar o potencial de mercado e consequentemente, ampliar ganho de competitividade.

Palavras-Chave: Brasil. Goiás. Desempenho. Competitividade. Desenvolvimento regional.

Biografia do Autor

Kérima Martins Parreira, Secretaria de Desenvolvimento do Estado de Goiás

Mestre em Desenvolvimento e Planejamento Territorial pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Gestora Pública Governamental da Secretaria de Desenvolvimento do Estado de Goiás. Secretaria de Desenvolvimento do Estado de Goiás.

Jeferson de Castro Vieira, Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Doutor e vice coordenador do mestrado em Desenvolvimento e Planejamento Territorial da Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

Publicado

2019-05-16

Como Citar

Parreira, K. M., & Vieira, J. de C. (2019). Goiás na ótica da competitividade regional: uma análise de indicadores de 2015 a 2018. DRd - Desenvolvimento Regional Em Debate, 9(ed. esp.), 62-80. https://doi.org/10.24302/drd.v9ied. esp.2123