O programa nacional de segurança do paciente e as implicações nos serviços de saúde como aspecto relevante ao desenvolvimento regional

Autores

  • Maria Luiza Milani Universidade do Contestado
  • Fernanda Vandresen Universidade do Contetado

DOI:

https://doi.org/10.24302/drd.v9i0.2089

Resumo

O presente estudo tem como objetivo refletir sobre o Programa Nacional de Segurança do Paciente e as implicações nos serviços de saúde como aspecto relevante ao desenvolvimento regional. Deste modo, ressalta a necessidade da implementação de ações que contribuam para a melhoria dos serviços e para a efetivação do acesso à saúde ao considerar que receber assistência à saúde é um direito de todos e dever do Estado. O profissional não possui o intuito de causar qualquer dano na assistência prestada, pois tem como objetivo principal o cuidado, porém, mesmo de forma não intencional ainda há ocorrência de eventos adversos relacionados à assistência à saúde. Diante disso, o Programa Nacional de Segurança do Paciente se torna ferramenta indispensável para incentivar o desenvolvimento de medidas preventivas para que os serviços tornem o sistema mais seguro. Na coleta de dados exploraram-se documentos da Secretaria Estadual de Saúde de Santa Catarina, relatórios da Vigilância Sanitária Estadual e estudos realizados acerca da temática, no Planalto Norte Catarinense. Os dados evidenciaram as iniciativas que se concretizaram ou estão em consolidação sob influência de aspectos históricos, políticos e culturais de cada município e a existência ou não de um Núcleo de Segurança do Paciente atuante.

Palavras-chave: Desenvolvimento Regional. Saúde. Segurança do Paciente.

Biografia do Autor

Maria Luiza Milani, Universidade do Contestado

Possui graduação em Serviço Social pela Faculdade Espírita do Curitiba (1992), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (1999) e doutorado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004). Atualmente é professora titular da Universidade do Contestado. Tem experiência na área de Serviço Social, com ênfase em Serviço Social Aplicado; gestão pública. Atua nos seguintes temas: Direitos sociais - políticas públicas e políticas sociais; saúde, assistência social, criança e adolescentes, idoso, jovens, gênero, cultura e desenvolvimento(s).

Fernanda Vandresen, Universidade do Contetado

Enfermeira, Docente da Universidade do Contestado, Mestre em Desenvolvimento Regional pela Universidade do Contestado.

Publicado

2019-08-02

Como Citar

Milani, M. L., & Vandresen, F. (2019). O programa nacional de segurança do paciente e as implicações nos serviços de saúde como aspecto relevante ao desenvolvimento regional. DRd - Desenvolvimento Regional Em Debate, 9, 478-505. https://doi.org/10.24302/drd.v9i0.2089

Edição

Seção

Artigos