Sobre o governo do real: a vida nos domínios do capitalismo informacional / On the government of the real: life in the domains of informational capitalism

Vinícius Nicastro Honesko

Resumo


A partir da apresentação da noção de crise no âmbito das humanidades, o presente ensaio pretende tecer algumas análises sobre os modos de gestão e governo dessa crise. Para tanto, investiga o deslocamento de problemas epistêmicos nas ciências (físicas e sociais) para o campo do governo no âmbito do controle das populações. Apresenta como os modos de leitura das probabilidades nas ciências acaba, no domínio do social, funcionando como uma maneira de gerir o real. Mostra como essa problemática se desenvolve e ganha em efetividade a partir das noções de cibernética. Por fim, aponta como o mecanismo do governo toma uma dimensão de totalidade no contemporâneo e, diante disso, aponta para modos de resistência a partir na noção de ingovernável.


Abstract

From the presentation of the notion of crisis within the humanities, the present essay intents to weave some analysis of the manners of management and government of this crisis. Therefore, it investigates the displacement of the epistemic problems on sciences (both physical and social) to the government field within the control of populations. It presents how the readings of probabilities in sciences work as a manner of manage the real on the social domain. It shows the development of this problem and exhibits how it grows on effectivity after the expansion of the cybernetics. It indicates how the mechanism of government takes a dimension of totality in the contemporaneous. Lastly, after these analysis, it aims to the manners of resistance based on the concept of ungovernable.


Palavras-chave


Crise. Governos, Real. Cibernética. Ingovernável. Crisis. Government. Real. Cybernetics. Ungovernable.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.24302/prof.v5i1.1784

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSNe 2358-6125