Considerações acerca da inoperosidade em Agamben

Palavras-chave: Inoperosidade. Poesia. Contingência.

Resumo

Este trabalho faz algumas considerações sobre a inoperosidade, um operador conceitual que acaba por tornar-se um pólo de atração do pensamento de Agamben. Se ele, no fim das contas, relaciona-se com a condição anárquica do messias, aqui nos dobramos mais para uma espécie de “uso” da inoperosidade para a criação poética

Biografia do Autor

Clayton Rodrigo da Fonsêca Marinho, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Doutorando do programa de pós-graduação em filosofia da UFRN, linha de pesquisa em ética e filosofia política
Publicado
2017-12-18
Como Citar
Marinho, C. (2017). Considerações acerca da inoperosidade em Agamben. Profanações, 4(2), 145-165. https://doi.org/10.24302/prof.v4i2.1569
Seção
Artigos