Vida e pensamento político de Carl Schmitt: breves considerações

Elizabete Olinda Guerra

Resumo


O trabalho tem por objetivo abordar aspectos relevantes do pensamento político de Carl Schmitt, e também de sua polêmica participação no regime nacional socialista, com o intuito de apresentar maiores esclarecimentos acerca dessa questão sempre incômoda. Para isso, após expor perspectivas de sua biografia, relacionadas à sua adesão ao nazismo em 1933, bem como de suas memórias publicadas após sua liberação da prisão em 1947, o texto explora os conceitos considerados centrais em suas análises críticas, quais sejam: a definição amigo-inimigo, que caracteriza o campo do político; a ideia de soberania, que está vinculada aocasolimítrofe, enãoà normalidade; sua defesa do decisionismo político em contraposição ao positivismo normativista da República de Weimar; e sua visão teológica da política, a única capaz de deter a dominação causada pelo pensar técnico-econômico vigente na modernidade.


Palavras-chave


Nacional Socialismo. Amigo-inimigo. Estado de exceção.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.24302/prof.v4i1.1463

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSNe 2358-6125