Processos de metropolização latino americanos

o caso de São Paulo vis a vis o de outras experiências

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24302/drd.v10i0.2544

Resumo

O presente artigo teve como objetivo ampliar as discussões sobre o processo de formação das regiões metropolitanas na América Latina, com ênfase para o processo de criação da Região Metropolitana de São Paulo – RMSP. O método adotado parte de uma pesquisa exploratória, descrevendo sobre a formação das regiões metropolitanas latino-americanas conduzido sob o auxílio de documentos oficiais (Constituições Federais, Decretos e Leis Complementares). Enquanto resultados, a autonomia das RMs fica em evidencia em todas as regiões metropolitanas pesquisadas. Outro ponto em destaque é que o planejamento regional deverá buscar respostas para os constantes desafios de desigualdades espaciais presentes nas grandes metrópoles, a serem elencados sob a seguinte forma: i) ações cooperativas entre os atores sociais e entes federados e seus intendentes, e ii) necessidade de um planejamento voltado para o desenvolvimento em conjunto dos seus municípios.

Palavras-chave: Regiões Metropolitanas. Desenvolvimento Regional e Urbano. Governança Metropolitana.

Biografia do Autor

Esdras da Silva Costa, Faculdade de Mauá

Doutor em Administração. Professor da Faculdade de Mauá (FAMA) e Faculdade de Ribeirão Preto (FRP). Ribeirão Preto. São Paulo. Brasil.

Publicado

2020-05-08

Como Citar

Costa, E. da S. (2020). Processos de metropolização latino americanos: o caso de São Paulo vis a vis o de outras experiências. DRd - Desenvolvimento Regional Em Debate, 10, 387-403. https://doi.org/10.24302/drd.v10i0.2544

Edição

Seção

Artigos