Região Mendanha

o novo espaço do mercado imobiliário em Goiânia, Goiás

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24302/drd.v9ied.%20esp..2127

Resumo

A atribuição de valor de uso e, principalmente, de valor de troca ao solo está consolidada, e isso faz da terra uma das mais rentáveis e eficientes fontes de renda fundiária da cidade contemporânea, por meio da ação do Estado e de promotores imobiliários. A especulação imobiliária é um dos principais elementos do processo de expansão urbana das cidades. Nesse sentido, as intervenções urbanas configuraram-se como práticas comuns nas urbes contemporâneas, utilizadas em discursos políticos e de desenvolvimento econômico e sustentável, porém, escondendo sua verdadeira natureza: a supervalorização imobiliária de determinada localidade. Em Goiânia esse processo não é diferente e faz parte da história urbana da cidade/capital planejada. Como exemplo disso cita-se a região Mendanha da cidade – objeto de estudo deste trabalho –, que é fruto da segregação socioespacial, de intervenções urbanas públicas e privadas e da valorização imobiliária, o que tem propiciado a transformação desse espaço urbano em uma nova frente do mercado imobiliário.

Palavras-chave: Especulação imobiliária. Intervenções urbanas. Goiânia. Região do Mendanha.

Biografia do Autor

Dayane Lino de Souza, Rede Estadual de Ensino Básico do Estado de Mato Grosso

Mestre em Desenvolvimento e Planejamento Territorial pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (2015). Graduada em Geografia, atualmente professora na Rede Estadual de Ensino Básico do Estado de Mato Grosso. Rede Estadual de Ensino Básico do Estado de Mato Grosso.

Deusa Maria Rodrigues Boaventura, Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Graduada e Mestre e Doutora em Arquitetura e Urbanismo. Atualmente é professora adjunta da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás), atuando no Programa de Mestrado em Desenvolvimento e Planejamento Territorial e do Mestrado em História, e na Universidade Estadual de Goiás (UEG). Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

Lúcia Maria de Moraes, Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Arquiteta e Urbanista, Doutora em Estruturas Ambientais Urbanas. Atualmente, é professora do curso de Arquitetura e dos programas de mestrado em Serviço Social (MSS) e em Desenvolvimento e Planejamento Territorial (MDPT) da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás). Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

Aristides Moysés, Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Economista, Doutor em Ciências Sociais. Professor e pesquisador do Programa de Mestrado em Desenvolvimento e Planejamento Territorial e professor titular do Departamento de Economia da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás). Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

Publicado

2019-05-16

Como Citar

Souza, D. L. de, Boaventura, D. M. R., Moraes, L. M. de, & Moysés, A. (2019). Região Mendanha: o novo espaço do mercado imobiliário em Goiânia, Goiás. DRd - Desenvolvimento Regional Em Debate, 9(ed. esp.), 43-61. https://doi.org/10.24302/drd.v9ied. esp.2127