Notícias

  • Dossiê Temático: Conhecimento, inovação, criatividade ou inteligência para o desenvolvimento de cidades, municípios, regiões e territórios

    2020-02-26

    DOSSIÊ TEMÁTICO – DRd 2020: CONHECIMENTO, INOVAÇÃO, CRIATIVIDADE OU INTELIGÊNCIA PARA O DESENVOLVIMENTO DE CIDADES, MUNICÍPIOS, REGIÕES E TERRITÓRIOS

    Foco temático dos artigos

    Na atualidade, em paralelo às discussões teóricas e os tradicionais estudos sobre gestão urbana e/ou territorial, despontam novas abordagens teóricas, com proposições práticas, sobre cidades - ou regiões, municípios, territórios - inteligentes ou criativas e sobre a smartificação de territórios. A smartificação do território inscreve-se no movimento geral de digitalização dos objetos (naturais e culturais). Em síntese, cada uma das abordagens se sustenta em uma concepção teórica, o que tem uma relação intrínseca com os seus propósitos práticos.

    Também merece destaque a discussão sobre inovação nos processos de gestão urbana e na dinâmica territorial do desenvolvimento, tendo a perspectiva da inteligência territorial, concebida como uma nova forma de compreender os processos territoriais, produtivos e sociais, de integrar atores e suas perspectivas, visões e iniciativas, envolvendo os cidadãos residentes e transeuntes, de forma democrática e inclusiva.

    Diante disso, algumas interrogações são fundamentais, para estudos teóricos e indicativos práticos: (i) quando o aparato digital tomar conta dos diferentes recortes territoriais, como ocorrerá sua ocupação; (ii) como conciliar o conhecimento, a inovação, a criatividade, a inteligência e, ao mesmo tempo, o “bem viver” e a sustentabilidade (econômica, ambiental, social, cultural), nos recortes territoriais smartificados?

    Para tratar destas temáticas, a revista Desenvolvimento Regional em debate, está lançando esta convocatória, a qual pretende acolher artigos que tratem das diferentes adjetivações (inovador, inteligente, criativo...) atribuídas aos diferentes recortes territoriais (cidades, municípios ou comunas, regiões ou territórios). Serão bem vindos, tanto textos com caráter exclusivamente teórico, quanto teórico-prático, destacando sua base de sustentação, as limitações e potencialidades, bem como, discussões sobre os desafios quanto à sua contribuição no desenvolvimento territorial.

    Período para submissão e orientações:

    A recepção dos artigos para o dossiê deverá ocorrer no período de 03 à 30 de agosto de 2020, mediante submissão no site da revista Desenvolvimento Regional em debate (DRd) - http://www.periodicos.unc.br/index.php/drd/about/submissions. O texto a ser submetido deve atender rigorosamente as Diretrizes para Autores (normas) da revista DRd. Com o propósito de que a submissão para o dossiê seja diferenciada do fluxo contínuo da revista, pedimos o favor de comunicar a submissão do artigo, no e-mail valdir@unc.br, aos cuidados do editor. A publicação do dossiê deverá ocorrer até 30 de outubro de 2020.

    Dúvidas ou maiores informações, favor contatar por meio do e-mail revistadrd@unc.br.

     

    Valdir Roque Dallabrida - Editor-chefe da DR

    Universidade do Contestado, 26 de fevereiro de 2020.

    Saiba mais sobre Dossiê Temático: Conhecimento, inovação, criatividade ou inteligência para o desenvolvimento de cidades, municípios, regiões e territórios
  • DRd adota publicação na forma de fluxo contínuo

    2018-12-30

    Prezados Membros do Corpo Editorial, Revisores ad doc, Autores e Leitores da revista Desenvolvimento Regional em debate (DRd)

    Em primeiro lugar, desejamos que todos tenham desfrutado um 2018 repleto de realizações e que os projetos não executados se transformem em sementes que germinem em 2019 ou nos anos seguintes!

    Em segundo lugar, contatamos para transmitir uma das melhores notícias para a DRd, o fato de passarmos a ser, a partir de 1º de janeiro de 2019, um periódico de publicação na forma de fluxo contínuo. Significa que, teremos artigos publicados a medida que forem aprovados para publicação, assim agilizando o fluxo de publicação e reduzindo o tempo de espera por parte dos autores que preferirem publicar conosco.

    A adoção desse novo sistema de publicação tipo fluxo contínuo, além de agilizar processos, visa qualificar nosso periódico e assim melhorar nosso posicionamento na avaliação da CAPES.

    Aos nossos Revisores ad doc, agradecemos o bom trabalho desempenhado até aqui e alertamos sobre a importância do cumprimento de prazos para que nós editores possamos atender à necessidade de dispor continuamente de artigos para publicar.

    Você Leitor, a partir de 2019, irá encontrar novos artigos publicados de forma contínua. Portanto, torne também o seu acesso contínuo, no mínimo mensalmente!

    O volume de 2019 estará à disposição para acesso já nos primeiros dias do ano.

    Esperamos continuar contando com o apoio e apreço de todos!

    UM 2019 REPLETO DE REALIZAÇÕES, é o que desejamos!

    Valdir Roque Dallabrida - Editor Chefe

    Alexandre Assis Tomporoski - Editor Associado

    Josiane Liebl Miranda - Editoração

    Saiba mais sobre DRd adota publicação na forma de fluxo contínuo