Políticas públicas: objeto de proteção social que se desenvolve dentro da responsabilidade da família e do Estado

Autores

  • João Orlando Medeia de Araújo EMEIF José Vieira da Silva

DOI:

https://doi.org/10.24302/agora.v21i2.1258

Palavras-chave:

Família. Estado. Questão Social. Políticas Sociais.

Resumo

Interpretar a participação da família na implantação, monitoramento e avaliação das políticas públicas na sociedade brasileira contemporânea, requer uma análise crítica e fundamentada da responsabilidade atribuída a cada entidade social envolvida no processo. Este estudo enfatiza a discussão da influência ideológica do neoliberalismo sobre o Estado brasileiro na atribuição de responsabilidades à família quanto à proteção do grupo familiar. Por tratar-se de uma pesquisa bibliográfica, o presente artigo dialoga com as ideias das autoras: Maria Thereza Martins Fonseca, Mônica Araújo Gomes e Maria Lúcia Duarte Pereira e Andréa Pacheco de Mesquita e, ainda confronta os textos dessas autoras com os da CF/88, do artigo: Social Policies and Family e PNAS/2004, acerca da temática abordada, contribuindo, sobremaneira para o esclarecimento da definição de papeis e paradigma conceituais que possam alicerçar os atores sociais na conquista da efetivação das referidas políticas e a consequente aproximação da realidade e justiça social.

Biografia do Autor

João Orlando Medeia de Araújo, EMEIF José Vieira da Silva

Graduado em Serviço Social pela UNOPAR-2012 e especialista em Gestão Social pela UNOPAR - 2014.

Publicado

2017-02-15

Como Citar

Araújo, J. O. M. de. (2017). Políticas públicas: objeto de proteção social que se desenvolve dentro da responsabilidade da família e do Estado. Ágora : Revista De divulgação científica, 21(2), 76-91. https://doi.org/10.24302/agora.v21i2.1258

Edição

Seção

Artigos