Empreendedorismo feminino: uma análise das competências intraempreendedoras de gestoras de cooperativas catarinenses

Autores

  • Danise Brancalione FAI Faculdades
  • Nathalia Berger Werlang FAI Faculdades

DOI:

https://doi.org/10.24302/agora.v20i2.937

Palavras-chave:

Empreendedorismo Feminino. Competências Empreendedoras. Intraempreendedorismo. Cooperativas.

Resumo

Este estudo tem como objetivo compreender as competências intraempreendoras de gestoras de cooperativas do Oeste Catarinense. A fim de elucidar o objetivo geral, foi adotada uma pesquisa de abordagem qualitativa e descritiva, por meio de estudos de caso múltiplos. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevista, com roteiro semiestruturado. As informações coletadas com as quatro gestoras entrevistadas foram gravadas e analisadas com a técnica de análise de conteúdo. Pôde ser verificado por meio das entrevistas que a média de idade das gestoras é de 32 anos, o que as caracteriza com um perfil jovem e já atuante em um cargo significativo junto a cooperativas que atuam a vários anos no mercado e que possuem grande número de associados e funcionários. Percebe-se que todas as gestoras possuem um elevado grau de escolaridade, uma vez que todas são pós-graduadas. Os resultados evidenciaram que dentre as competências de maior destaque estão Comprometimento, Busca de Informações e Persuasão e Rede de Contato.

Publicado

2015-12-18

Como Citar

Brancalione, D., & Werlang, N. B. (2015). Empreendedorismo feminino: uma análise das competências intraempreendedoras de gestoras de cooperativas catarinenses. Ágora : Revista De divulgação científica, 20(2), 43-63. https://doi.org/10.24302/agora.v20i2.937

Edição

Seção

Artigos