QUALIDADE DE VIDA E NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DE PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DE SANTA CATARINA

Autores

  • Luciane Valério Universidade do Contestado

DOI:

https://doi.org/10.24302/agora.v17i2.184

Palavras-chave:

Qualidade de vida. Nível de atividade física. Docentes de Educação Física

Resumo

Este estudo objetivou analisar indicadores da qualidade de vida (domínios físico. psicológico, social e ambiental), o nível de atividade física, bem como, associá-los ao nível de atividade fisica habitual dos Profissionais de Educação Física da rede estadual de ensino, dos municípios vinculados a 25ª e 26ª GERED (Gerência Regional de Educação). Na coleta de dados, para avaliação da qualidade de vida foi utilizado o WHOQOL Abreviado. O questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ) — Versão Curta — foi utilizado para avaliar o nível de atividade física. Os dados foram tabulados no pacote estatísticos SPSS — versão 13.0 for Windons. Na análise dos resultados utilizou-se a distribuição em freqüências e percentuais, o teste de associação do Quiquadrado, considerando o nível de significância p<O,O5. Para demonstrar a ligação hierárquica entre as variáveis utilizou-se a análise multivariada de Cluster (Método de Ward). Os resultados demonstraram que mais da metade (62,4%) dos Profissionais de Educação Física estavam com idade acima dos 34 anos, 53% eram do sexo feminino, 65% eram casados e a maioria (59%) possuía carga horárias de 40 a 50 horas semanais. A percepção de qualidade de vida foi positiva (62,4% boa e 6% muito boa), assim como a percepção positiva de saúde (59,8%). Quanto ao NAF, 64,1% dos Profissionais de Educação Física eram ativos e 11,1% eram muito ativos, independente do gênero. De modo geral, conclui-se que a qualidade de vida dos Profissionais de Educação Física da 25ª e 26ª GERED foi positiva. O Nível de AF foi considerado bom, onde a maioria eram ativos ou muito ativos, entretanto, os resultados poderiam ser melhores por se tratar de profissionais da área de atividade física e saúde.

Biografia do Autor

Luciane Valério, Universidade do Contestado

Mestre em Educação Física. Centro de Desportos. Universidade Federal de Santa Catarina.

Publicado

2012-05-23

Como Citar

Valério, L. (2012). QUALIDADE DE VIDA E NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DE PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DE SANTA CATARINA. Ágora : Revista De divulgação científica, 17(2), 81-93. https://doi.org/10.24302/agora.v17i2.184

Edição

Seção

Artigos