O CONHECIMENTO DAS MULHERES SOBRE O USO DO PRESERVATIVO FEMININO

Autores

  • Jessica Cristina Prado Oliveira Universidade do Contestado
  • Adriana Moro Wiezorkievicz Universidade do Contestado

DOI:

https://doi.org/10.24302/agora.v17i2.182

Palavras-chave:

Preservativo feminino, Mulher, Prevenção

Resumo

Nos dias de hoje, a mulher busca autonomia e reconhecimento tanto em áreas profissionais como pessoais. Esta revolução gerou diversas mudanças nos conceitos e necessidades da classe feminina. O planejamento familiar é um dos métodos mais importantes para a estruturação de uma família, pois é por meio deste que o casal conseguirá evitar que ocorram situações inesperadas e inapropriadas. O número de mulheres que utilizam algum tipo de método contraceptivo aumentou significativamente nos últimos anos, fator que demonstra a preferência das mulheres por uma vida mais programada e independente. Desta forma foi de objetivo desta pesquisa identificar qual o conhecimento das mulheres sobre o uso do preservativo feminino, utilizando-se como método de coleta de dados um questionário com questões objetivas, que contou com a participação de vinte mulheres usuárias dos serviços da Casa da Saúde da Mulher, no município de Rio Negro, PR. Verificou-se que apesar do interesse em experimentar o preservativo, ainda existem barreiras como a falta de conhecimento sobre a utilização do condom, acesso ao método precário e como fator principal o medo de desagradar o parceiro sugerindo um novo meio de prevenção. Constatou-se também que a preocupação com uma gravidez indesejada exerce maior influencia pó momento de escolha do método, prevalecendo entre a classe feminina o uso de pílulas anticoncepcionais, informação esta que demonstra o risco em que grande parte das mulheres se expõe.

Biografia do Autor

Jessica Cristina Prado Oliveira, Universidade do Contestado

Acadêmica do curso de Enfermagem da Universidade do Contestado – UnC/Campus Mafra, Bolsista de Iniciação Cientifica do programa de pesquisa do artigo 170

Adriana Moro Wiezorkievicz, Universidade do Contestado

Enfermeira. Mestranda em Desenvolvimento Regional, área temática Políticas Públicas, UnC – Campus de Canoinhas. Especialista em Cuidados Intensivos Neonatais pela Faculdade Pequeno Príncipe, Especialista em Acupuntura pelo Colégio Brasileiro de Estudos Sistêmicos Ltda. Professor Substituto na Universidade do Contestado, Campus Mafra-SC. Funcionária da SES-SC. Rua: Rufino Mendes, lote 50,Condomínio Jardim América, Mafra. CEP: 89300-000.

Publicado

2012-05-23

Como Citar

Oliveira, J. C. P., & Wiezorkievicz, A. M. (2012). O CONHECIMENTO DAS MULHERES SOBRE O USO DO PRESERVATIVO FEMININO. Ágora : Revista De divulgação científica, 17(2), 69-74. https://doi.org/10.24302/agora.v17i2.182

Edição

Seção

Artigos