AÇÃO FARMACOLÓGICA DAS FOLHAS DE DRYMIS WINTERI (WINTERACEAE), NA HEMATOPOESE DE CAMUNDONGOS PORTADORES DO TUMOR ASCÍTICO DE ERLICH (TAE)

Autores

  • Greice Martins Universidade do Contestado
  • Marcos Vinicio Giraldi Universidade do Contestado
  • Juliane Seleme Brehmer Universidade do Contestado
  • Ana Angélica Steil Universidade do Contestado

DOI:

https://doi.org/10.24302/agora.v16i2esp..116

Palavras-chave:

Drymis winter. (Winteraciae). Tumor ascítico de Erlich (Tae). Hematopoese

Resumo

O câncer ou neoplasia é uma doença de natureza crônica que mata pela invasão destrutiva de órgãos normais por extensão direta e/ou disseminação para pontos distantes (metástases) (KUMAR; COTRAN, 2000; BRASILEIRO FILHO, 2004). De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o câncer atinge 9 milhões de pessoas, matando 5 milhões a cada ano, sendo a segunda causa de morte por doença. A OMS alerta para o fato de que, se não forem tomadas medidas de prevenção, a incidência de câncer aumentará em 100% nos próximos  20 anos (BRASIL, 2003). A Drymis winteri é uma planta nativa da américa do sul. Seu nome popular é casca de anta, caataia, canela amarga. Suas flores são brancas com centro amarelo. Suas folhas são utilizadas como condimento. Na medicina popular, as folhas são utilizadas para desordens estomacais, náuseas, anemias, colites, febre, câncer entre outros. Os compostos identificados da planta, o drimanial e o polygodial evidenciaram efeitos nociceptivos e propriedades antiinflamatórias. Pelo exposto acima, contata-se a necessidade da busca de novas investigações científicas da evidência da ação farmacológica desta planta.(DA CUNHA et .al., 2001). Como resultados verificamos que  planta não apresentou toxicidade em nenhum texte proposto. Apresentou atividade significtiva na ação antinociceptiva nos dois testes propostos Aumentou a hematopoese de animais tratados com tumor ascítico de Erlich, tratados com o extrato bruto da planta. Não modificou o desenvolvimento do tumor dos animais com TAE. Novos testes estão sendo feitos com as frações desta planta do desenvolvimento do Tumor Ascítico de Erlich

Publicado

2012-04-11

Como Citar

Martins, G., Giraldi, M. V., Brehmer, J. S., & Steil, A. A. (2012). AÇÃO FARMACOLÓGICA DAS FOLHAS DE DRYMIS WINTERI (WINTERACEAE), NA HEMATOPOESE DE CAMUNDONGOS PORTADORES DO TUMOR ASCÍTICO DE ERLICH (TAE). Ágora : Revista De divulgação científica, 16(2esp.), p. 273-278. https://doi.org/10.24302/agora.v16i2esp.116