Um estudo exploratório sobre o Estresse nos Policiais Militares de uma Cidade Catarinense

Autores

  • Pollyana Weber da Maia Pawlowytsch Universidade do Contestado - Campus Mafra
  • Luciano Ribas Batista Universidade do Contestado
  • Fernanda Cristina Neidert Batista Universidade do Contestado

DOI:

https://doi.org/10.24302/sma.v2i1.433

Palavras-chave:

Polícia, Militar, Estresse, Psicologia, Saúde.

Resumo

Esteestudo derivou de uma pesquisa realizada com Policiais Militares de uma cidadedo Estado de Santa Catarina, buscou-se explorar a existência, as origens e asconsequências do estresse nestes profissionais. Para avaliar a presença deestresse nestes trabalhadores, foi utilizado o Inventário de Sintomas de Stressde Lipp (ISSL), o qual diagnosticou que 61,90% da amostra pesquisada possuíaestresse, sendo que destes policiais, 69,23% se encontravam na fase deresistência e 30,77% se encontravam na fase de quase exaustão. A predominânciados sintomas foi psicológica, porém, também foram detectados sintomasfísicos.  Para identificar ascaracterísticas individuais e alguns aspectos relacionados com o trabalho foiaplicado um Questionário Sócio Demográfico elaborado pelo autor. Foramrelacionados os diagnósticos obtidos com a aplicação do inventário com os dadosobtidos no Questionário, visando identificar relações entre algumas variáveis eo estresse. Também foi realizada uma entrevista semiestruturada com os sujeitos,a qual gerou dados qualitativos para complementar o estudo. Todos os dadosforam analisados e discutidos com o objetivo de identificar quais os estímulosconsiderados estressores pelos Policiais Militares da amostra, as origensdestes estressores e suas consequências ao profissional, à sua família, àinstituição em que trabalham e à sociedade em que atuam.

Biografia do Autor

Pollyana Weber da Maia Pawlowytsch, Universidade do Contestado - Campus Mafra

Docente na Universidade do Contestado – Campus Mafra, Mestranda do PDR, Especialista em Psicologia Hospitalar, Psicopedagogia, Educação Inclusiva, Atua na área de Psicologia Hospitalar e Organizacional, Pesquisadora do NUPESC.

Luciano Ribas Batista, Universidade do Contestado

Graduado em Psicologia pela Universidade do Contestado (2012) – Campus Mafra, Profissional da Segurança Pública em Santa Catarina.

Fernanda Cristina Neidert Batista, Universidade do Contestado

Graduada em Psicologia pela Universidade do Contestado (2012) – Campus Mafra, atua na área de psicologia Hospitalar e Clínica.

Publicado

2013-08-20

Como Citar

Weber da Maia Pawlowytsch, P., Batista, L. R., & Batista, F. C. N. (2013). Um estudo exploratório sobre o Estresse nos Policiais Militares de uma Cidade Catarinense. Saúde E Meio Ambiente: Revista Interdisciplinar, 2(1), 93-108. https://doi.org/10.24302/sma.v2i1.433

Edição

Seção

Artigos