Internações hospitalares por condições sensíveis à atenção primária em idosos do meio oeste catarinense, entre 2008 a 2015.

Resumo

Introdução: a Lista Brasileira de Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária (ICSAP) é utilizada como instrumento de avaliação do poder de resolutividade da atenção primária e da atenção hospitalar. As ICSAP encontram grande prevalência na população idosa, ocupando grande parte dos leitos hospitalares. Objetivo: analisar a evolução temporal das Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária (ICSAP) em idosos residentes na região da Associação dos Municípios do Meio Oeste Catarinense (AMMOC). Métodos: estudo de análise exploratória e descritiva com abordagem quantitativa de todas internações de idosos por CSAP ocorridas e disponibilizadas do banco de dados do Sistema de Informação Hospitalar do SUS (SIH-SUS) entre 2008 a 2015, na região da AMMOC. Resultados: As principais ICSAP foram doenças pulmonares (1.740) casos, insuficiência cardíaca (1.396) e terceira maior causa foram gastroenterites infecciosas com (861) internações. Houve redução de 21,9% na taxa de ICSAP durante todo o período analisado. Conclusão: A redução destes índices parece indicar melhorias nos serviços de atenção básica. Este estudo contribuiu para um diagnóstico da real situação, funcionalidade e eficácia dos serviços prestados nos municípios pesquisados.

Palavras-chave: Atenção Primária à Saúde. Idosos. Hospitalização. Morbidade.

Biografia do Autor

Bruna da Rocha, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Graduanda do curso de Enfermagem da Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC. Joaçaba, SC, Brasil.

Marilia Caroline Lopes Rodrigues, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Graduanda do curso de Enfermagem da Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC. ID Orcid: Catarina – UNOESC.  Joaçaba, SC, Brasil.

Andreia Dalla Vecchia, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Bióloga. Bolsista pós-doutoral (PNPD/CAPES) do programa de Mestrado em Biociências e Saúde da Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC. Joaçaba, SC, Brasil.

Vilma Beltrame, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Enfermeira. Doutora em Gerontologia Biomédica. Pesquisadora do programa de Mestrado em Biociências e Saúde e professora do curso de Enfermagem da Universidade do Oeste de Santa Catarina.

Publicado
2020-01-08
Como Citar
Rocha, B., Rodrigues, M., Dalla Vecchia, A., & Beltrame, V. (2020). Internações hospitalares por condições sensíveis à atenção primária em idosos do meio oeste catarinense, entre 2008 a 2015. Saúde E Meio Ambiente: Revista Interdisciplinar, 9, 1-15. https://doi.org/10.24302/sma.v9i0.2098
Edição
Seção
Artigos