Hannah Arendt e o conceito de espaço público

  • Mauro Sérgio Santos da Silva Universidade Federal de Uberlândia - UFU Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz - CEMEPE
  • Dennys Garcia Xavier Universidade Federal de Uberlândia - UFU
Palavras-chave: Arendt. Espaço Público. Política. Ação. Pluralidade.

Resumo

Este artigo tem como mote fundamental a investigação dos elementos centrais da genuína noção de espaço ou esfera pública a partir do pensamento político de Hannah Arendt. Porquanto, apresentaremos, inicialmente, os aspectos centrais de A Condição Humana (2007),enfatizando a atualidade desta obra dedicada em boa parte a esta discussão. Discorreremos sobre as três dimensões da vida ativa, quais sejam, o labor, o trabalho e a ação e sobre a referência de Arendt ao paradigma político grego: a polis (cidade-estado). Em seguida, investigaremos as três características essenciais da esfera pública conforme a autora: mundo ou artefato humano, espaço da visibilidade e da aparência, esfera da pluralidade humana. Nesse ínterim, apresentaremos também, em consonância com o Trabalho Obra e Ação (2005), questões pertinentes a esta discussão, trazidas à baila pela publicação deste texto no Brasil. Por fim, objetivamos demonstrar a originalidade da noção de esfera ou  espaço público da autora alemã de origem judaica, exilada nos Estados Unidos no século findo.

 

Biografia do Autor

Mauro Sérgio Santos da Silva, Universidade Federal de Uberlândia - UFU Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz - CEMEPE

Educador, escritor e gestor de projetos educacionais. Membro da Academia de Letras e Artes de Araguari - MG (Ocupante da Cadeira Nº 35). Colaborador de jornais, boletins e periódicos. Escritor premiado em diversos concursos e eventos literários. Professor de Filosofia para Crianças, Adolescentes, Jovens e Adultos. Professor em cursos de formação continuada para educadores. Coordenador de projetos educacionais e culturais. Assessor Pedagógico. Mestrando em Filosofia Política (UFU) Especialista em Educação Empreendedora e Gestão de Projetos Educacionais (UFSJ) Autor do Livro "Camaleão:metapoesia". Autor do BLOG: HTTP://banquetedeletras.blogspot.com.br.

Dennys Garcia Xavier, Universidade Federal de Uberlândia - UFU
Atualmente é Professor efetivo (Adjunto 4) de Filosofia Antiga da Universidade Federal de Uberlândia, no Curso de Graduação (DEFIL-UFU), no Programa de Pós-graduação em Filosofia (POSFIL-UFU) e no Programa de Pós-graduação em Filosofia da Universidade de Brasília (UNB). Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e mestrado em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP - Bolsista FAPESP), sob orientação do prof. Lucas Angioni. Doutor em "Storia della Filosofia" pela "Università degli Studi di Macerata" (Bolsista de Doutorado Pleno no Exterior, CAPES, Itália), sob orientação do prof. Maurizio Migliori. Tem Pós-doutorado em História da Filosofia Antiga pela Universidade de Brasília (UnB), sob supervisão do prof. Gabriele Cornelli, e Pós-doutorado em História da Filosofia Antiga pela Universidade de Coimbra (Bolsista CAPES, Portugal), sob supervisão da profa. Maria do Céu Fialho. É graduando em Direito, pelo Centro Universitário do Triângulo (UNITRI-Uberlândia). Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Filosofia Grega Clássica, atuando principalmente nos seguintes temas: Platonismo, Platonismo tardio (tradição tardia da "Academia"), Filosofia do Direito, Hermenêutica, Filosofia da Ciência, Ética e Astronomia na Antiguidade. Membro da "International Plato Society" e da Comissão que administra o site da IPS (2007-2010). Membro da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos (SBEC). Membro do GT Platão e Platonismo da ANPOF. Membro do Centro do Pensamento Antigo (CPA-UNICAMP).. Membro fundador e atual Diretor-Acadêmico do "Núcleo de Estudos em Filosofia Antiga e Humanidades" (NEFAH) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Co-Editor Principal da Revista Interações (Cultura e Comunidade). Editor-executivo da Revista de Estudos Filosóficos e Históricos da Antiguidade (Ex-Boletim do CPA/UNICAMP), membro do corpo editorial da Revista Archai (UnB), Diretor de Divulgação da Revista Educação e Filosofia da UFU, Membro do Comitê Científico da Uncanny Journal (Revista de Estudos Filosóficos e Culturais), Editor de Seção (Filosofia) da Revista Horizonte Científico. Membro da Academia de Letras e Artes de Araguari (ALAAR). Ex-Secretário Executivo (2009-2010) e Ex Vice-presidente (2012-1013) da Sociedade Brasileira de Platonistas (SBP). Atual Presidente da Sociedade Brasileira de Platonistas (SBP) / GT Platão e Platonismo da ANPOF (Biênio 2015-2016). Coordenador do Programa de Pós-graduação em Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).
Publicado
2015-07-03
Como Citar
Silva, M., & Xavier, D. (2015). Hannah Arendt e o conceito de espaço público. Profanações, 2(1), 216-236. https://doi.org/10.24302/prof.v2i1.856
Seção
Artigos