A condição humana como condição urbana: por uma genealogia do antropológico no político

Pedro Lucas Dulci

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo problematizar a condição humana através do dispositivo antropológico privilegiado que é a condição urbana. Neste sentido, trata-se de perguntar como as dinâmicas sociais de isolamento e convivência urbana, territorializações e relações de poder na cidade contribuem, na construção de identidades e nos processos de subjetivação. Para tal intento, nos valeremos majoritariamente, mas não só, das recentes contribuições em antropologia filosófica, bem como da genealogia do homem e do animal do filósofo Giorgio Agamben.

Palavras-chave


Humanização; Racionalidade; Subjetivação; Biopolítica

Texto completo:

PDF-A


DOI: http://dx.doi.org/10.24302/prof.v1i2.558

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSNe 2358-6125