Exceção e vida nua: diálogos entre a literatura de Nassar e a de Sófocles / Exception and life nua: dialogues between the literature of Nassar and of Sophocles

Elijames Moraes dos Santos

Resumo


Este artigo propõe analisar como as categorias do estado de exceção e da vida nua são dramatizados nos textos Antígona, de Sófocles, e Lavoura Arcaica, de Raduan Nassar. Para alcançar o objetivo estabelecido, consideramos os estudos sobre esses conceitos propostos no projeto Homo Sacer, de Giorgio Agamben (2007; 2014), entre outras fontes que respaldam este estudo. Seguindo a proposta agambeniana, enfatizamos a relação de soberania com o estado de exceção, culminando, muitas vezes na eliminação do vivente. Aspecto este que fica evidente no desenrolar das ações presentes em ambas as narrativas em análise.

Abstract

This article proposes to analyze how the categories of the state of exception and bare life are dramatized in the texts Antigone, by Sophocles, and Ancient tillage¸ by Raduan Nassar. To reach the established objective, we consider the studies on these concepts proposed in the project Homo Sacer, by Giorgio Agamben (2007, 2014), among other sources that support this study. Following the Agambenian proposal, we emphasize the relationship of sovereignty with the state of exception, culminating, often in the elimination of the living. This aspect is evident in the unfolding of the actions present in both narratives under analysis.


Palavras-chave


Estado de exceção. Vida Nua. Antígona. Lavoura Arcaica. State of exception. Bare life. Antigone. Ancient tillage.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.24302/prof.v5i1.1754

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSNe 2358-6125